terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Na rota do bem - publicação de Natal!

     Você se engana ao pensar que as atletas da elite brasileira são boas apenas na floresta. Mesmo quando não estão praticando o esporte, buscam seguir boas rotas. Como exemplo, mostraremos o trabalho desenvolvido por duas grandes orientistas: Tânia Carvalho e Mirian Pasturiza, ambas atletas da ADAAN. Além do treinamento para o esporte e das atribuições do trabalho na Marinha, as atletas ainda encontram tempo para se dedicarem a projetos sociais. 

Jovens Guerreiras 

     Tânia Carvalho participa do grupo Jovens Guerreiras que tem base na Educação, Saúde e Cidadania. O projeto é desenvolvido pelas esposas de militares de São Gabriel da Cachoeira – AM e destina-se a ajudar comunidades indígenas do Alto Rio Negro.
     Entre as ações da atleta estão: confecção colchões e roupas de cama para o hospital da cidade, arrecadação de brinquedos e produção de kits de higiene pessoal para serem entregues no natal. 
     “Minha preocupação é dar maior visibilidade e credibilidade a este projeto diante de instituições, empresas e pessoas que se mostrem disponíveis a somar forças conosco. Sinto-me muito feliz com cada nova doação que atenda aos diferentes projetos já em andamento aos cuidados das Jovens Guerreiras. Não é somente um ato íntimo de pleno amor, mas de responsabilidade social de uma atleta do Brasil”. 

ONG Amigan 

     Miriam Pasturiza relata que sempre gostou de animais e por isso é contra a qualquer tipo de maus tratos a qualquer animal, podendo ser de qualquer espécie. Hoje, a atleta é sócia e atua como voluntária na ONG Amigan de Santa Rosa – RS, onde realiza doações para comprar ração, e organização de feiras para adoção. 
     A Organização utiliza as doações para tratamento dos animais resgatados doentes e machucados (em atropelamentos e maus tratos, ou desnutrição e abandonado). A orientista revela que a ONG passa por dificuldades financeiras e, por não ter sede, os animais resgatados necessitam ficar nas casas das sócias. No entanto, o principal problema reside no abandono de cadelas grávidas e filhotes pequenos.
      “ Uma castração é muito cara e a ONG não tem condições de pagar para quem precisa. Somente para casos de abandono de cachorras adultas com extrema necessidade. Sendo assim eu decidi fazer castração e vacinação de cadelas de todo um bairro mais carente de perto da minha casa. Eu pretendo dar a vacina somente uma vez porque ela é cancerígena, na verdade só aplico a vacina porque não tenho condições de castrar todos de uma só vez.” 

     Além das atletas, nossa entidade nacional também promove ações sociais. 

FAMO – Fundo de Apoio ao Menor Orientista 

     O Famo partiu de uma iniciativa da Confederação Brasileira de Orientação para valorizar os jovens atletas do país. O fundo funciona como uma poupança, onde recebem recursos os projetos aprovados pela CBO. 
     Desde a sua fundação, o FAMO financiou transporte e alimentação para diversas entidades, incluindo atletas iniciantes e competidores de elite. Dentre os resultados do fundo, destacamos o grande número de participantes medalhistas nos eventos. 


Para mais informações sobre os projetos e para ajudar entre em contato conosco!

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

WMOC 2014


O Brasil recebeu na semana passada a visita do Árbitro Sênior da IOF, Sr. Øivind Holt . O norueguês é o árbitro escalado pela IOF para a edição do Campeonato Mundial Master de Orientação (WMOC) que acontecerá em nosso país, em 2014.
Nos oito dias que o IOF Adviser passou no Rio Grande do Sul, ele aproveitou para inspecionar as áreas da competição, bem como escolher locais inéditos para o evento. O Sr. Holt também verificou o andamento dos planejamentos para o WMOC 2014, a organização da equipe de trabalho, planilhas de gastos, locais de arenas, entre outros.
Encerrando sua visita, nos dias 10 e 11 de novembro, na cidade de Porto Alegre, ministrou Clínica de Traçador de Percursos, para os mapeadores e traçadores escalados para o campeonato.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

3ª etapa do CamBOr e fechamento do Campeonato

    Apesar do atraso para escrever acerca da 3ª etapa não podemos deixar de registrar o belíssimo evento do qual participamos dias atrás. Perdemos nossa máquina fotográfica, portanto os arquivos com os mapas ficarão para depois e as ilustrações aqui presentes foram retiradas do álbum orientacaoesporte do Flickr e do meu celular (baixa qualidade).
     O percurso longo foi marcado por pontos com níveis de dificuldades e distâncias variadas. O traçado permitia escolhas de rota até mesmo nas pernadas mais longas e apesar do intenso desnível para a elite masculina grande parte das curvas de nível podiam ser contornadas como rota mais rápida.
     No mapa do longo encontramos loopings, quebras de direção e uma borboleta após o ponto de passagem em um terreno extremamente detalhado, o que prendia a atenção na navegação. Apesar do calor, foram disponibilizados no terreno 5 pontos d'água, favorecendo o desempenho dos atletas.
     O pódio do Sábado ficou da seguinte forma:
Homens
1º - Ironir Alberto Ev - COS - 1:15:06
2º - Vanderlei José Bortoli - Compass - 1:19:58
3º - Juscelino Alencar Karnikowski - COGA - 1:21:30
13º - Fabio Inácio da Cruz Weis -  Natura CO - 1:42:06
Damas
1º - Letícia da Silva Saltori - COGA - 1:06:13
2º - Tânia Maria Jesus de Carvalho - ADAAN - 1:09:14
3º - Elaine Dalmares Lenz - COI - 1:22:37
9º - Sara Fabrina Soares Dornelles Weis - Natura CO - 1:29: 27

  



     O percurso médio teve como característica uma pista curta, porém com pontos técnicos em áreas de corrida lenta. Fabio Weis não foi classificado, pois pegou um ponto do percurso feminino, muito próximo da área do seu controle. Os percursos tinham 4,4km para os homens e 3,2km para mulheres, desnível de 185m e 105m, respectivamente. Os resultados foram os seguintes:
Homens
1º - Ironir Alberto Ev - COS - 0:30:32

2º - Juscelino Alencar Karnikowski - COGA - 0:31:26

3º - Renato Ferreira Cavalcanti - Compass - 0:32:26

Damas
1º - Tânia Maria Jesus de Carvalho - ADAAN - 0:31:37
2º - Franciely de Siqueira Chiles - Natura CO - 0:33:35
3º - Mirela Farnanda Galvão Paraná - COC - 0:35:59
5º - Sara Fabrina Soares Dornelles Weis - Natura CO - 0:39:43

     Na somatória dos tempos, obtivemos os seguintes campeões da etapa:
        Esq-Dir: Renato, Karnikowski, Ironir, Bortoli e Rengifo

        Esq - Dir: Letícia, Tânia e Franciely

     Ironir Alberto Ev foi campeão invicto da 14ª edição do CamBOr. Após ele veio Leandro Pasturiza do Cosam em segundo lugar e em terceiro Robson Rengifo. No feminino, Miriam Pasturiza continuou liderando mesmo fazendo média como organizadora do evento. Tânia Carvalho ficou em segundo lugar e o terceiro lugar ficou com Elaine Lenz.
     O Ranking de federações ficou da seguinte foram: Federação Gaúcha de Orientação (FGO); Federação Paranaense de Orientação (FPO) e Federação de Orientação do Distrito Federal (FODF). Os clubes com maior pontuação foram: Clube de Orientação Gralha Azul (COGA); Clube de Orientação de Curitiba (COC) e Clube de Orientação Tiradentes (COTi). 
     Sem dúvidas esse será um evento para ficar na memória dos participantes. Organização, percursos e cuidados com os atletas foram essenciais para fazer da equipe do Cosam vencedora na concretização desse evento esportivo. Veja mais da etapa em: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/jornal-do-almoco/videos/t/santa-rosa/v/campeonato-nacional-de-orientacao-reune-atletas-em-santa-rosa/2187974/


sábado, 13 de outubro de 2012


   
     Ocorreu no dia 12 de outubro a prova de revezamento da III Etapa do Campeonato Brasileiro de Orientação - 2012. A competição foi realizada na SER Cisne, em Santa Rosa/RS.
    Com um mapa de Sprint, na escala 1:4.000, os trios alinharam-se para a partida após a cerimônia de abertura da etapa. A prova, de ritmo forte e muito rápido, contou com percursos muito bem traçados, aproveitando o excelente mapa, onde tivemos variados tipos de vegetação.
    A III Etapa do CamBOr é organizada pelo Clube de Orientação San Martin, e terá ainda os percursos longo (sábado) e médio (domingo).
                 
   Destacamos as vitórias dos trios:
Adulto Masculino
1. Federação Gaúcha de Orientação ( FGO 13 ) 0:46:43 
415.1 Cleber Baratto Vidal H21E 00:15:31 5'21" ( 1 ) 
415.2 Gilson Schropfer H21E 00:16:04 5'32" ( 1 ) 
415.3 Ironir Alberto Ev H21E 00:15:08 5'24"
2. Associação de Orientação do Rio de Janeiro ( AORJ 2 ) 0:47:53 
406.1 Renato Cavalcanti Ferreira H21E 00:16:29 5'41" ( 2 ) 
406.2 Joacy Dantas de Araujo H21E 00:16:26 5'39" ( 2 ) 
406.3 Ronaldo André Castelo Dos Santos de Almeida H21E 00:14:58 5'20" 
3. Natura Clube de Orientação ( NATURA CO 4 ) 1:03:40 
413.1 Jussie Pettine Santos H21B 00:17:45 6'07" ( 3 ) 
413.2 William Vaz Belinazo H21N 00:23:58 8'15" ( 4 ) 
413.3 Mauro Bueno Pozzobom H21B 00:21:57 7'19"



Adulto: 1. Clube de Orientação Gralha Azul ( COGA 5 ) 1:02:20 
18.1 Gilberto Antonio Bandeira H35A 00:19:17 6'38" ( 3 ) 
18.2 Leticia da Silva Saltori D21E 00:25:10 8'40" ( 3 ) 
18.3 Juscelino Alencar Karnikowski H21E 00:17:53 6'23" 
2. Federação Gaúcha de Orientação ( FGO 11 ) 1:05:00 
16.1 Juliane Valéria de Carvalho Mendonça D21E 00:26:04 8'59" ( 9 ) 
16.2 Eldemar Luccas H21E 00:18:18 6'18" ( 2 ) 
16.3 Luís Carlos Chagas H21A 00:20:38 7'06" 
3. Natura Clube de Orientação ( NATURA CO 1 ) 1:08:05 
11.1 Sara Fabrina Soares Dornelles Weis D21E 00:32:55 11'21" ( 15 ) 
11.2 Roberto Lavarda Possa H21E 00:17:48 6'21" ( 5 ) 
11.3 Fabio Inácio da Cruz Weis H21E 00:17:22 5'59"



quarta-feira, 3 de outubro de 2012

De volta aos trabalhos!

     Depois de quase 3 meses sem realizarmos nenhuma postagem, estamos de volta. Antes de mais nada, ficam nossas desculpas pelo afastamento. Com a graça de Deus temos tido bastante trabalho e estudos, que nos tomam grande parcela do tempo disponível para cuidar do Brazil O-Life.
     Após dois anos morando no Rio de Janeiro, estamos voltando ao Rio Grande do Sul, mais especificamente à cidade de Rio Grande. Para nós é uma grande felicidade, pois retornarmos ao Estado natal e ficaremos muito próximos do palco do Mundial de Master 2014.
     A orientação no Brasil continua evoluindo. Continuemos com nossa pequena contribuição para sua divulgação, juntamente à tantos outros que mantém blogs e que divulgam vídeos e fotos de eventos na internet. 

    Abraços
    Fabio e Sara 

sábado, 21 de julho de 2012

WOC 2012 - Revezamento

     Chegamos ao último dia do Campeonato Mundial (WOC) 2012 com grande estilo. A prova de revezamento foi realmente muito intensa e bonita de acompanhar.
     No feminino, a equipe da Suíça mais uma vez mostrou sua força correndo em casa. Depois de duas pernadas, Suécia e Suíça corriam com 1 segundo de diferença. Mas a última atleta suíça, Simone Niggli-Luder conseguiu desvencilhar-se de Tove Alexsandersson e venceu com com 2'24" de vantagem.
     A disputa do masculino foi muito mais acirrada. Na primeira pernada, 11 equipes completaram com menos de 1 min de diferença da equipe suíça, primeira colocada até então. Ao final da segunda pernada, começaram a destacar-se as equipes que realmente disputariam o título. Juntos, ponto a ponto Jan Procházka (CZE), Olav Lundanes (NOR) e Anders Holmberg (SWE) proporcionaram um belíssima disputa até o penúltimo ponto. Já entrando no funil, o surpreendente atleta tcheco deixou Olav Lundandes para trás  cruzou a chegada com vantagem de apenas 6 segundos!
     Nossos representantes tiveram um início muito bom. Pasturiza na primeira pernada fez uma prova muito constante e ganhava posições à medida em que os adversários cometiam alguns erros, terminando sua prova em 23º. Fábio Kuczkoski cometeu um erro justo no momento em que diminuía sua diferença para a equipe alemã, e acabou caindo para 25º. Fechando nossa participação no WOC 2012, Ronaldo Almeida teve um pouco de dificuldades, e foi ultrapassado pelas equipes da Nova Zelândia e Irlanda, obtendo um 27º lugar para a equipe brasileira.

     O Brazil-o-Life agradece o esforço de Pasturiza, Miriam, Kuczkoski, Rengifo, Tânia e Ronaldo. A participação da equipe brasileira fortalece o esporte Orientação em nosso país e é uma ferramenta importante de divulgação de nossa bandeira no exterior.
     Fica ainda o sonho de comemorar uma classificação brasileira para uma final. Temos mais um ano pela frente. Esperamos que possamos conquistá-la no próximo World Orienteering Championship, Finlândia 2013!

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Revezamento terá equipe brasileira neste sábado

     Neste sábado, último dia do Campeonato Mundial de Orientação (WOC) o Brasil estará presente na prova de Revezamento com um trio masculino, composto pelos atletas: Leandro Pasturiza, Fábio Kuczkoski e Ronaldo Almeida. O Brasil já participou dessa competição em 2010 (Noruega) obtendo a 26ª colocação.        


     Agora, com 36 equipes, nossos atletas esperam ter um bom desempenho na competição. Já sabemos que cada pernada terá 6,9km, 180m de desnível e 20 pontos de controle. Em conversa com Leandro Pasturiza, o mesmo afirmou que apesar do cansaço está bastante motivado.


     Acompanhe você também ao vivo e torça para o Brasil!! A transmissão ocorrerá a partir das 8:00h da manhã (horário brasileiro) no site do WOC 2012, onde será possível acompanhar o mapa com o percurso a e localização dos atletas em tempo real!   


     Força Brasil!! Nós do Brazil-O-Life desejamos todo o sucesso para vocês amanhã!! 

WOC 2012 - Final do Longo

     Ontem tivemos no Campeonato Mundial de Orientação em Laussane, Suíça, a final do percurso longo. Apesar de desgastante no desnível (450m para homens e 370m para mulheres) e na distância (18,3 km e 12,4 km respectivamente) a área possuía uma ampla rede de trilhas e linhas d'água que facilitavam a orientação. 
    O dia foi perfeito para Simone Niggli-Luder (SUI) que conquistou mais um ouro com 1:15:07. A atleta, que tinha pensado em terminar sua carreira esportiva nesse evento, ficou balançada e pensa em participar do próximo WOC na Finlândia (onde ganhou seu primeiro ouro, disse ela para o site da IOF). A vencedora de 19 medalhas de ouro ainda comenta: "Meus testes físicos mostraram mais força que nunca. Ter 3 filhos me dá mais energia". O pódio fechou com Minna Kauppi (FIN), 1:16:38 e Annika Billstam (SWE) com 1:17:13.
    

 Para os homens a emoção não foi diferente. Olav Lundanes (NOR) fez uma prova impressionante em 1:34:42, abrindo quase 3 minutos para o segundo colocado Matthias Merz (SUI) 1:37:34 e levou o ouro pela segunda vez no percurso longo. O terceiro lugar ficou com o vencedor do médio Edgars Bertuks (LAT) com 1:39:13. 


    Essa prova ficou marcada pela grande diferença nas escolhas de rota e pelos atletas que pegaram o ponto 1 das mulheres ao invés de pegar o ponto 13. Ambos estavam muito próximos (Nascente x Buraco) no entanto havia uma nítida trilha separando-os. Confira abaixo:



     Veja mapa e rotas em: http://www.tulospalvelu.fi/gps/20120719WOCLongM-Web/ e http://www.tulospalvelu.fi/gps/20120719WOCLongW-Web/


     Fontes: www.worldofo.com e www.orienteering.org

quarta-feira, 18 de julho de 2012

WOC 2012 - Check Points

     Nesta quarta-feira não tivemos provas no Mundial que ocorre na Suíça. Nossos atletas brasileiros, que não obtiveram sucesso na busca de uma vaga para as finais de quinta-feira aproveitaram o dia. Mas não para descansar. Participaram dos percursos do Swiss 5 Days, um campeonato paralelo que aproveita as áreas mapeadas para o Mundial. Destaque para Leandro Pasturiza, que concluiu o percurso Elite em 11º lugar, com 2h 13' 27". Parece-nos ter sido uma prova bastante desgastante com 11,4 Km e 625m de desnível, vencida por Martin Hubmann com 1h 53' 46" e com Adreas Kyburz em segundo. Ambos são suíços e possuem irmãos titulares da equipe nacional (Daniel Hubmann e Matthias Kyburz).

Final do Percurso Médio

     As três distâncias (Sprint, Médio e Longo) constituem campeonatos distintos. Não há somatório de tempos ou pontos e sim campeões para cada distância. Ontem tivemos as finais do percurso médio. Algumas surpresas chamaram a atenção, como o primeiro ouro de um letão e as ausências no pódio dos favoritos Thierry Gueorgiou e Simone Niggli-Luder.

Masculino (6,5 Km / 240m / 20 pontos):
1º Edgars Bertuks (Letônia) - 36'45" 
2º Valentin Novikov (Rússia) - 36'50" 
3º Fabian Hertner (Suíça) - 37'10"

Feminino (5,5 Km / 170m / 18 pontos):

1º Minna Kauppi (Finlândia) - 37'37"
2º Tove Alexsandersson (Suécia) - 38'09"
3º Tatyana Riabkina (Rússia) - 39'03"




Final do Percurso Sprint

     Ainda no primeiro dia de competições tivemos as provas qualificatórias e finais do Sprint. Domínio dos donos da casa, que completaram o pódio masculinos com o trio de Matthias. No feminino, mais um ouro para Simone Niggli-Luder, que corria em casa.


Masculino (4,2 Km / 80m / 20 pontos): 
1º Matthias Kyburz (Suíça) - 15'32" 
2º Matthias Merz (Suíça) - 15'49" 
3º Matthias Müller (Suíça) - 15'59" 


Feminino (3,7 Km / 60m / 19 pontos): 
1º Simone Niggli-Luder (Suíça) - 15'43" 
2º Maja Alm (Dinamarca) - 16'20" 
3º Annika Billstam (Suécia) - 16'28"

Um evento para a mídia
     
     Já é sabido o quanto orientação é um esporte conhecido para os suíços. Um exemplo é o fato de Simone Niggli-Luder, a multi-campeã ser em 3 oportunidades agraciada com o título de melhor desportista nacional do ano, ao lado de Roger Federer.
     Porém, é surpreendente ver que a final do Sprint foi transmitida ao vivo em dois canais locais, um em idioma alemão e outro em francês, obtendo audiência de mais de 20% dos aparelhos ligados no horário (sábado à tarde). A produção e divulgação do esporte é um objetivo da IOF, como parte dos planos de torná-lo esporte olímpico e inclui percursos em área urbana (sprint), arena e ponto do público, câmeras filmando em rotas mais prováveis, uso de SI-Card com emissão de sinal de rádio e GPS transmitindo a localização exata dos atletas e seus tempos em comparação a outros atletas. Lembra muito a transmissão das corridas de Fórmula-1, com as parciais aparecendo imediatamente após o atleta passar pelo controle.
     Na arena, o público é bem informado e consegue acompanhar pelo telão de alta definição tudo o que ocorre no percurso. Ano passado, no mundial da França, era possível a compra dos mapas com os percursos das finais e de listas com horários de partidas. Muita gente comprava e ocupava um local na arena para acompanhar as finais.
     É claro que isto só ocorre em alguns poucos eventos de orientação, mas é uma mostra da força e do potencial deste belo esporte, e da possibilidade de atrair a atenção de mídia e público para os campeonatos.

Nações emergentes 

     Ao vencer o percurso médio, o letão Edgars Bertuks obteve um inédito ouro para a Letônia e aponta para a emergência de novas nações vencedoras no esporte. Tradicionalmente temos o domínio absolutos de países nórdicos e da Suíça, mas o número de países que surgem como novas potências está crescendo.
     Thierry Gueorgiou já havia colocado a França como grande vencedora, tal qual Andrey Khramov havia conquistado espaço para a Rússia. E a australiana Hanny Allston, em 2006, obteve o primeiro ouro para um atleta de fora da Europa.
     Surpresas neste ano, além do ouro para a Letônia, foram a classificação de 3 chinesas para a final do Sprint, sendo que uma classificou-se em 13º, e o 9º lugar na mesma prova para uma neo-zelandesa.
     Ainda, é destaque a participação de novos países, como Barbados em 2011 e Quênia neste ano.

    Nesta quinta-feira teremos as finais do Longo. Para acompanhar, siga o site do WOC, onde é possível visualizar o mapa e a localização por GPS de cada atleta. Estaremos passando informações ao vivo pelo perfil de Sara Dornelles no Facebook.
    No sábado os brasileiro retornam para o revezamento, onde teremos uma equipe no masculino.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

WOC 2012 - Qualificatórias do Médio

     Numa manhã de grande expectativas, acompanhamos hoje a disputa das qualificatórias do percurso médio, no Campeonato Mundial de Orientação, na Suíça.
     Empolgados com o bom resultado de ontem, apostamos nossas esperanças de Leandro Pasturiza alcançar uma vaga para disputar a final. Porém, não foi no masculino onde tivemos os melhores resultados, mas sim com Miriam Pasturiza, que por muito pouco não obteve a inédita participação brasileira em uma final.


Resultados do dia: 
Homens A - Robson Rengifo - 29º lugar 
Homens B - Leandro Pasturiza - 25º lugar 
Homens C - Ronaldo Almeida - 34º lugar
Damas B - Tânia Carvalho - 28º lugar
Damas A - Miriam Pasturiza - 18º lugar

    Cada percurso tinha 41 atletas masculinos e 30 damas. 


Os vencedores de cada percurso foram:

Homens A - Thierry Gueorgiou (França) 
Homens B - Gernot Kerschbaumer (Áustria) 
Homens C - Carl Waaler Kaas (Noruega) 
Damas  A - Tatyana Riabkina (Rússia)
Damas B - Tove Alexsandersson (Suécia) 
Damas C - Simone Niggli-Luder (Suíça)  


     Miriam Pasturiza esteve muito perto de fazer história mais uma vez. A atleta, medalhista de bronze no Mundial Militar em 2011, ficou a menos de 70 segundos da classificação para a final, tendo feito uma corrida bastante constante. Os segundos a mais perdidos nos pontos 11 e 13 certamente fizeram a diferença. É uma pena, pois seria um prêmio a esta atleta que no ano de 2012 vem obtendo relativa vantagem contra suas concorrentes no Brasil. Nossos homens infelizmente não tiveram bom desempenho, ficando em posições mais desfavoráveis na classificação final. Veja abaixo o mapa dela:


    Destaque para atletas de países que costumam nos ler aqui no Blog: O único atleta argentino, Francisco Buselli, completou o percurso C em 33º lugar, mais de 3 min à frente de Ronaldo Almeida. Já Portugal, que vinha num forte crescimento nos últimos anos, tem um fraco desempenho em 2012, não tendo classificado nenhum atleta para a final do médio e do longo. 

    Amanhã teremos as finais do médio, com transmissão ao vivo de imagem para a TV e para a internet, além de GPS Tracking. Acompanhem no site do WOC.



domingo, 15 de julho de 2012

WOC 2012 - Qualificatórias do Longo

     Neste domingo o WOC 2012 teve seu segundo dia de competições, com as provas qualificatórias do percurso longo. Todos os atletas são divididos em 3 percursos, sendo que os 15 primeiros colocados alcançam a classificação para as finais. 
     O Brasil esteve mais uma vez representado por 3 homens e 2 mulheres, numa prova que caracterizou-se por ser muito rápida, apesar da distância longa. 

Nossos resultados hoje foram os seguintes: 
Homens Grupo A - Fábio Kuczkoski - 33º lugar 
Homens Grupo B - Leandro Pasturiza - 22º lugar 
Homens Grupo C - Robson Rengifo - DCL (faltou um ponto) 
Damas Grupo A - Tânia Carvalho - 25º lugar 
Damas Grupo C - Miriam Pasturiza - 25º lugar 

Os vencedores de cada percurso foram: 

Homens Grupo A - Olav Lundanes (Noruega) 
Homens Grupo B - Matthias Merz (Suíça) 
Homens Grupo C - Edgars Bertuks (Letônia) 
Damas Grupo A - Tatyana Riabkina (Rússia) 
Damas Grupo B - Simone Niggli-Luder (Suíça)
Damas Grupo C - Minna Kauppi (Finlândia) 

     Cada percurso feminino tinha 28 atletas e no masculino 38 competidores. O monstro do ponto 1 parece ter abatido nosso atleta Fábio Kuczkoski, que precisou de quase 21 minutos para picotar o ponto (perdendo preciosos 15 min!). Apesar disto, um grande feito foi alcançado pelo mesmo atleta, que fez boas pernadas entre os pontos 10 a 16, sendo inclusive o melhor atleta na pernada do ponto 13! 
     Robson Rengifo não pegou o ponto 15, sendo não classificado. 
     Leandro Pasturiza fez um percurso muito bom e constante, o atleta obteve uma boa 22ª classificação, ficando cerca de 4 minutos atrás do último classificado para as finais. Passou perto! 
    No feminino, Tânia e Mirian fizeram corridas constantes, sem grandes erros mas não obtiveram resultado melhor em virtude do forte ritmo apresentado pelas demais atletas. 

     Dados dos percursos: Masculino: 24 pontos / 12,2 Km / desnível 280m Feminino: 17 pontos / 8,2 Km / desnível 160m 

 Veja abaixo o mapa do Fabio Kuczkoski



Continuamos na torcida nesta segunda-feira, com as qualificatórias do médio. Resultados ao vivo no site do evento: WOC 2012



Campeonato Mundial de Orientação (WOC) 2012 - Lausanne / Suíça

     Está acontecendo desde o dia 11/07 o Campeonato Mundial de Orientação na cidade de Lausanne na Suíça. O Brasil está participando da competição, representado pelos seguintes atletas: Miriam Pasturiza - ADAAN, Tânia Carvalho - ADAAN, Fábio Kuczkoski - ADAAN, Robson Rengifo - ADAAN, Ronaldo Almeida - Elite CO e Leandro Pasturiza - COSAM. 
     Ontem, dia 14/07 nossos atletas participaram da Qualificatória do Sprint. Os grupos eram separados em A, B e C, cada um contendo 39 atletas no masculino e 29 atletas no feminino. Os resultados foram os seguintes: 
  • Homens Grupo A - Ronaldo Almeida - 33º lugar
  • Homens Grupo B - Robson Rengifo - 32º lugar
  • Homens Grupo C - Fábio Kuczkoski - não classificado (ponto errado)
  • Damas Grupo B - Miriam Pasturiza - 24º lugar
  • Damas Grupo C - Tânia Carvalho - 28º lugar
     Na categoria feminina o pódio ficou com Simone Niggli-Luder - Suíça, Maja Alm - Dinamarca e Annika Billstam - Suécia.


     Na categoria masculina a Suíça conquistou os três primeiros lugares com o trio Matthias Kyburs, Matthias Merz e Matthias Müller, mostrando que esse nome tem força no esporte!

Abaixo seguem as fotos do Brasil no Percurso Sprint.




Fonte das fotos: http://www.facebook.com/WorldofO
Fonte dos resultados: http://woc2012.ch/en/home.html

















segunda-feira, 25 de junho de 2012

II Etapa do CamBOr 2012 - Mapas da Elite

Seguem abaixo os mapas da 21E 


D21E - Primeiro dia


D21E - Segundo dia

H21E - Primeiro dia
H21E - Segundo dia

II Etapa do CamBOr 2012 - 2º dia

     No domingo, 24/07 tivemos o percurso médio válido para o Foot-O World Ranking da IOF. Semelhante ao percurso longo em termos de dificuldade, a distância foi de 4,1km / 80m para mulheres e de 5,4km / 130m para os homens. A área do traçado variou entre o cerrado e floresta densa. 
     Na elite feminina observamos a grande performance da atleta Miriam Ferraz Pasturiza (ADAAN), que venceu a pista com 0:36:27. Na sequência tivemos Tânia Carvalho (ADAAN) com 0:39:45 e Wilma Souza (BRAVO) com 0:49:15. Fiquei em 8º lugar com o tempo de 01:02:18.
     Consagrou-se campeão do percurso médio o atleta Ironir Alberto Ev (COS) com 0:35:25, o segundo lugar ficou com Leandro Pasturiza (COSAM) - 0:36:18 e o terceiro com Robson Figueira Rengifo (ADAAN) - 0:38:34. Fabio da Cruz Weis se acidentou antes do ponto 1, mas conseguiu melhorar o resultado de sábado. O Ranking completo pode ser visualizado no site da IOF.
     Finalizando a II etapa do CamBOr, tivemos os seguintes resultados:

D21E
1 - Miriam Ferraz Pasturiza (ADAAN)
2 - Tânia Maria Jesus de Carvalho (ADAAN)
3 - Elaine Dalmares Lenz (COI)
4 - Wilma Barbosa de Souza (BRAVO)
5 - Soraya Gonçalves Cabral (KAAPORA CO)
6 - Franciely de Siqueira Chiles (NATURA CO)
7 - Sara Fabrina Soares Dornelles Weis (NATURA CO)   






H21E
1- Ironir Alberto Ev (COS)
2- Leandro Pereira Pasturiza (COSAN)
3- Cleber Baratto Vidal (NATURA CO)
4- Juscelino Alencar Karnikowski (COGA)
5 - Vanderlei José Bortoli (COMPASS)
...
12 - Fabio Inácio da Cruz Weis (NATURA CO)


Mais resultados em Helga.

sábado, 23 de junho de 2012

II Etapa do CamBOr - 2012

    
     Nesta sexta-feira, dia 22 de junho teve início a III Etapa do Campeonato Brasileiro de Orientação, na cidade de Terezópolis de Goiás - GO. Este evento apresentou cerca de 520 inscritos.
    Como tradicionalmente ocorre, tivemos no primeiro dia a prova de revezamento, realizada na Santa Branca Ecoturismo. O local da competição é uma área de preservação ambiental e possui belas paisagens, com vários rios, açudes e cascatas.
    No dia de sábado, os atletas tiveram pela frente novo desafio, desta vez com o percurso longo. O mapa possui relevo e vegetação bastante variados, possuindo áreas de mapa de reflorestamento e nativa, além de várias áreas de campo. Os percursos das Elites apresentaram algumas pernadas mais prolongadas, caracterizadas por não existir muito da navegação e sim de muito preparo físico. Muitas áreas que no mapa constam como brancas poderiam estar desenhadas como área verde (30%).

H21E
     O percurso masculino, com 12.300m e desnível de 190m possuía muitas pernadas com pouca escolha de rota. A necessidade de cruzar áreas de campo para acessar novas áreas reflorestadas resultava em um percurso tecnicamente muito fácil, descaracterizando-o como de elite.
     O vencedor deste dia foi Ironir Alberto Ev (COS), com 1:20:02, seguido por Leandro Pasturiza (COSaM), com 1:22:09 e por Cleber Baratto Vidal (Natura CO), que fez 1:25:16.
     Completei o percurso com 1:42:09, em 16º lugar. Para minha surpresa, fui superado por três atletas do Chile! Senti um pouco a dificuldade no tocante a preparação física e isto se mostrou muito mais forte após cometer um erro grave no 18º ponto, obrigando-me a passar por uma região de capim alto. (Fabio da Cruz Weis)

D21E
     Na elite feminina o percurso foi de bastante velocidade e resistência. A distância foi de 8.000m e desnível de 140m, não variando de dificuldade em relação à elite masculina, relatada acima.  
     Tivemos como vencedora a atleta Mirian Pasturiza (ADAAN), que fez um excelente percurso em 1:08:22. Em segundo lugar, Tânia Carvalho (ADAAN), com 1:21:50, seguida por Elaine Lenz (COI) com 1:31:16.
     Demorei 2:04:41 e conquistei a 9ª colocação. Quanto ao percurso não tive problemas com erros, apenas  faltou preparo físico para pernadas de nível fácil em trilhas. Houve também um tempo perdido por causa das abelhas que nos atacaram entre o 6º e o 7º ponto de controle. (Sara Dornelles Weis). 

     Após o evento divulgaremos o mapa.
     Amanhã teremos o percurso médio, válido para o World Ranking da IOF.

terça-feira, 12 de junho de 2012

III Etapa do COERJ - Impressões

     Aconteceu neste último domingo a III Etapa do Campeonato de Orientação do Estado do Rio de Janeiro. A prova foi na área da Colônia de Férias dos Empregados da Light (COFEL) na localidade de Vasouras, cidade que conhecemos bastante por passar três vezes perdidos nos trevos de acesso.
     O fato ocorreu pelo croqui e as setas de acesso estarem voltados para os atletas que partiram do Rio de Janeiro (região metropolitana) e nós estávamos vindo de Resende (região sul-fluminense). Infelizmente ficamos sem o GPS para nos salvar nessa viagem, o que rendeu um bom atraso até chegar na competição.
     Já estava com o uniforme de corrida, bússola, chip e headband quando chegamos no local. Desci do carro e saí perguntando para todos onde era a partida, subi as escadarias e parti com 13min de atraso!
     O percurso estava em um nível fácil para a elite, sem valer do grande desnível do percurso (185m para 5,7km) e dos espinhos e áreas alagadas, dificultando a corrida fora das estradas. Briguei muito com a minha cabeça, pois queria a todo o custo atravessar no azimute a mata fechada. Ainda estou aprendendo a não cortar florestas com espinhos e cipós e pegar a trilha, embora seja uma rota muito maior...

     Cerca de 80% do percurso fiz sozinha, sem uma pessoa por perto. Comparando com a segunda etapa essa competição teve um público bem reduzido. Parecia que o percurso não tinha fim! Apesar de correr não conseguia chegar logo nos pontos de controle, finalizando o trajeto com 2h:12':13". O Polar marcou a  Frequência cardíaca de 175bpm (89% da máx) e máxima de 193bpm (98% da máx - deve ter sido subindo morro), rendendo 1.464 kcal (que maravilha hein!!! Lógico que esses dados variam...). 
     Para a minha surpresa fiquei em 1º lugar mesmo com o atraso! Vou ser realista, isso não aconteceria se as orientistas "top" não estivessem disputando o mundial militar. Aliás, sou a única civil da elite! O Fabio não foi muito bem nessa competição, o relevo acidentado, floresta difícil, espinhos e lama não fazem parte do seu bom rendimento no esporte. O percurso também estava muito difícil para as senhoras e senhores de categorias acima de 35 anos. Agora, restaram apenas as picadas de carrapato! 


sexta-feira, 8 de junho de 2012

Orientação no Parque Beto Carrero World

     No Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06) a Confederação Brasileira de Orientação participou de uma reunião com os empresários da marca Cawboys do Asfalto, Eco In, e com a Defesa Civil de Itajaí-SC para instituir parceria com o Parque Beto Carrero World (PBCW). 
     O assunto principal estava direcionado para a proposta de oferecer uma nova ferramenta atrativa no PBCW, sendo esta um Percurso Moderno de Orientação. Para isso, o presidente da CBO apresentou a metodologia de trabalho da instituição no Brasil, seus projetos, programas e eventos. Destacou-se no projeto, a importância do controle e fiscalização da área geográfica do PBCW, sendo que o percurso poderá ser formatado com objetivo de auxiliar também nesse processo. 
     Foi mencionada pelos empresários e defesa civil a importância do Parque para reunir militares da ativa e da reserva, para reuniões de lazer e aperfeiçoamento técnico. 
    O público infantil não ficou de fora. O projeto poderá ter junto as crianças, no desenvolvimento de percepções, construção de mapas e aprendizagem de orientação, sugerindo assim, as temáticas: Esporte, Lazer, Educação Ambiental, Responsabilidade Social e Ambiental, Cursos Profissionais, Projetos para Escolas, famílias etc. 
    Após reunião, os participantes deslocaram-se para reconhecer as estruturas e o espaço do PBCW. Percebeu-se um imenso potencial de desenvolvimento do Percurso de Orientação, pois o parque apresenta uma estrutura física completa, sua vasta extensão territorial é contemplada com muita área verde, Mata Atlântica em sua total plenitude, encontrando-se com o Oceano Atlântico na Praia Vermelha. 
    Depois da jornada de reconhecimento, foram deliberados os seguintes encaminhamentos: A formatação do Projeto e Proposta de Negócio ficou sob responsabilidade da CBO; A empresa Eco In Lazer e Segurança, dará apoio e suporte “in loco” para a CBO durante o desenvolvimento do Projeto e assessoria para coordenação do mesmo.

João Alfredo Freitas Gmes, Luiz do Park, Emílio Dalçóquio e José Otavio Franco Dornelles


* Texto adaptado da Ata de reunião.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Treino na Academia Militar - AMAN

     Vou começar a postar alguns percursos-treino que realizarei no decorrer do ano. Esse primeiro eu realizei na Academia Militar das Agulhas Negras - AMAN. Meu tempo foi de 38'31", o que dá aproximadamente 12'/km. 
     Na minha opinião o treino foi forte, tendo em vista que os batimentos ficaram altos (máx 98% e média 88%). Isso realmente mostra como estou destreinada! Mas nem tudo é sofrimento, minha frequência cardíaca baixou rapidamente no primeiro minuto pós atividade (30 bpm), revelando que ainda estou bem saudável. 
     Abaixo, o mapa do treino:



                                                                                                                              Sara

segunda-feira, 28 de maio de 2012

II Etapa do COERJ - Impressões

     Neste último domingo participamos da II Etapa do Campeonato Estadual de Orientação do Rio de Janeiro, na cidade de Seropédica. A competição foi organizada pelo COMPass e teve uma boa quantidade de atletas inscritos, superando os 300 participantes.
     A área utilizada foi a Floresta Nacional Mário Xavier. Neste mesmo mapa correu-se recentemente a prova de revezamento dos V Jogos Mundiais Militares.
     Inicialmente, ouvimos muita reclamação pelo custo das inscrições, que figuram entre as mais elevadas do país. Neste ponto, temos que reconhecer que os valores habitualmente cobrados em provas de orientação estão muito aquém dos valores que encontramos para participar de eventos de outros esportes, como provas de rústica ou ciclismo por exemplo. 
     Porém, cremos que pelo valor que foi arrecadado, faltou muita estrutura. Pouca sinalização no local do evento, falta de frutas ou qualquer outra forma de alimentação no local são aspectos que deixaram a desejar.
     Fato interessante foi que a etapa ocorreu no Dia da Mata Atlântica, sendo disponibilizadas 100 mudas de árvores nativas para plantio pelos atletas.


     A partir de hoje, abriremos no blog um espaço para comentarmos nosso rendimento, bem como nossa opinião acerca das etapas que participamos. Começaremos com a II etapa do COERJ.

SARA – Este foi o primeiro percurso oficial que realizei no ano (antes disso corri apenas um treino) e já sabia que não poderia esperar bons resultados. Quando vi a lista de partida com 13 mulheres na D21E fiz a previsão de ficar em 5º ou 6º lugar. Entrei no percurso e dividi ele em 3 partes:
Parte 1 – até o ponto 5 – aprox. 1.700m – Frequência cardíaca Max: 188(95%), Média: 137 (70%), No ponto 5: 186 (93%).
Parte2 – até o ponto 11 – aprox. 2.470m – FqC Max: 188 (95%), Média 163 (83%), No ponto 11: 188  (95%).
Parte3 – até a chegada – aprox. 2. 170m – FqC Max: 191 (97%), Média 155 (81%), na chegada: 191 (97%).
     Na segunda parte coloquei a meta de fazer o percurso para 1h e 40’ e fiquei surpresa de conseguir finalizar com 1h37’36”, o que rendeu 16min/km. Com esse tempo fiquei em terceiro lugar, fazendo 30’ a mais que a campeã (ao meu ver a diferença seria maior pelo fato de já conhecerem a área). Pessoalmente, esse foi um retorno muito bom!


FABIO - Entrei um pouco sem expectativas pelo fato de não conhecer o mapa. Confesso que me desmotiva correr em área não inédita. Mas havia a curiosidade de correr no mapa dos Jogos Mundiais de 2011 e talvez essa tenha sido também a grande decepção. Além de área possuir muito capim alto que me incomoda muito devido ao fato de tornar a corrida muito lenta, o mapa não possui a indicação do capim (linhas verdes) indicando tudo como corrida livre (área branca). A área é realmente feia para a prática do esporte. Na região dos pontos 3, 4, e 5 não consegui acertar o azimute, sempre batendo à esquerda dos pontos. Tive um apagão no meu ponto 13, onde tive dificuldades para me reorientar e entender onde eu estava (faltou confiança). Não fiz um tempo muito bom, completando com 1h13'44", cerca de 18 min após Ronaldo Castelo, o vencedor da prova. Obtive um 10º lugar na H21E.

Resultados em: FORJ

terça-feira, 22 de maio de 2012

Daniel Hubmann não participará mais do Mundial na Suíça


     
     Um dos maiores medos do orientista virou realidade: o atleta rompeu o tendão de Aquiles na prova de revezamento do Campeonato Europeu de Orientação em Falun, Suécia. A vitória ficou com a equipe nº 2 da Suíça, composta por Matthias Müller, Matthias Kyburz e Martin Hubmann, o segundo lugar foi da equipe sueca e o terceiro da equipe francesa. 
     Daniel Hubmann, com seus 29 anos, é o nº 2 do Ranking Mundial. Sem dúvidas, ele é uma fonte de grande inspiração, pois mesmo machucado terminou a prova mancando. Infelizmente, suas chances de participar de 14 campeonatos mundiais e receber a coroação em Laussanne – Suíça desapareceram.
     No site da IOF encontramos a seguinte passagem: “Daniel Hubmann ran the second leg for the first team of Switzerland in the very tight relay at Lugnet skistadium in Falun. In the end of the leg, just before the last 100 metres to the finish line, something happened to him. With big pain he managed to finish the last hundred meters. He lay with hands over his face when he was carried out from the arena. If the problem is, as it seems, the achilles tendon, it will mean that Daniel Hubmann will miss the World Championships on home ground in July.”
     Hoje, Hubmann está sendo submetido a uma cirurgia e então começará sua reabilitação. Pedro Zust, médico-chefe da Associação dos orientistas espera o retorno do atleta em 8 meses. O prazo parece viável com a tecnologia avançada no tratamento de lesões esportivas, no entanto, o tempo é pequeno para o fortalecimento do tendão rompido, podendo ocorrer novos episódios como esse. 
     Apesar das lesões, Daniel Hubmann é um dos orientistas suíços mais bem sucedidos nos últimos anos. Começou a treinar forte no esporte em 2007 e desde 2008, ganhou 4 vezes a Copa do Mundo. Entre seus maiores sucessos está o título de campeão mundial em 2008 e 2009 no percurso longo, bem como o Campeonato do Mundo de 2011 onde conquistou o ouro no sprint. 
    O Brazil-O-Life deseja uma rápida recuperação ao atleta, e que o mesmo consiga dar continuidade na sua carreira de sucesso. 


Texto adaptado do site: http://www.sport.sf.tv/Nachrichten/Archiv/2012/05/21/Mehr-Sport/WM-Out-fuer-Daniel-Hubmann
Fontes adicionais: http://www.eoc2012.se/
http://orienteering.org/european-championships-relay-joy-and-sorrow-for-switzerland/

segunda-feira, 21 de maio de 2012

II Etapa do CamBOr 2012 - Boletim

    
     Faltando apenas um mês para a realização da II etapa do CamBOr o Brazil-O-Life fez um recorte das principais informações existentes nos Boletins, retirados do site da CBO. A competição (composta de revezamento, p. longo e p. curto – WRE) ocorrerá na cidade de Terezópolis de Goiás – GO. Para mais informações da localidade acesse: http://www.youtube.com/watch?v=CTgZjbUeUbI

  • O período de inscrições encerra no dia 04/06, sendo aceitas inscrições na categoria aberto após essa data. Os valores são de R$55,00 (p. longo e médio), R$ 15,00 revezamento (trio), R$ 20,00 (baixa renda), R$ 6,00 Aluguel do SiCard, Percurso Treino R$ 5,00. 
  •  O evento contará com a seguinte equipe técnica:

     Mapeadores - Gelson Luiz Togni, Alvim José Pereira e Jânio Gouveia da Silva

     Traçador de Percursos - Ademar Roque Hippler Ruwer
    Equipe Percursos - Gelson Luiz Togni, Alvim José Pereira, Jânio Gouveia da Silva, Marcio M. Teixeira Rosa e Gelson Andrey Zago Togni
     Árbitro da IOF - Luiz Sérgio Mendes
     Árbitro Nacional - Valdemir de Jesus Pereira


  • Informações do terreno 

     Área do Revezamento – A vegetação é composta por áreas abertas (gramíneas e árvores esparsas), com pequenas áreas de floresta aberta (branca ou branca com linhas verdes) e de corrida lenta (verde claro). O relevo tem baixa altitude entre 700 e 800 metros, existindo vários talvegues rasos e córregos transponíveis que cortam o mapa. Existem somente estradas principais que circundam o mapa. 

     Área dos Percursos Longo e Médio - A vegetação é de mata nativa, eucalipto e cerrado (alterna entre corrida rápida e lenta), com pequenas áreas de vegetação intransponível e matas ciliares nos córregos (corrida lenta – caminhada). O relevo é movimentado e tem altitudes variadas entre 700 e 800 metros. Existem vários talvegues rasos e profundos e córregos transponíveis que cortam o mapa. A área possui estradas nas margens e várias trilhas que cortam o mapa. 

  • Alojamentos 

     Opção 1 - Ginásio Municipal de Esportes. Não haverá disponibilidade de colchões. O local estará reservado para os atletas a partir das 17 horas do dia 21 de junho de 2012 (5ª feira). 

     Opção 2 - A Escola Municipal. Dispõe de 05 salas grandes, 02 salas médias e 04 salas pequenas, além de pátio interno para montagem de barracas, sanitários e chuveiros. As salas serão distribuídas preferencialmente para os Clubes com efetivos que preencham os espaços disponíveis mediante reserva antecipada. Não haverá disponibilidade de colchões. Recomendamos aos ocupantes evitar a montagem de barraca dentro das salas para ganhar mais espaço. As salas de aula estarão reservadas para os atletas a partir das 18 horas do dia 22 de junho de 2012 (6ª feira). 

     Opção 3 - Camping na Santa Branca Ecoturismo. Valor de R$ 35,00 por pessoa. Estrutura existente no Camping: Banheiros, Chuveiros quentes, mesas e churrasqueiras, iluminação noturna, segurança, estacionamento, seguro saúde, acesso ao complexo de lazer, piscinas naturais, pesque-pague, restaurantes, lanchonetes, tirolesa etc. 

  • Alimentação - A Santa Branca Ecoturismo possui três restaurantes com varias opções de pratos. O custo é de R$ 12,50 por pessoa com comida à vontade. 
  •  Seminário Científico - Dia 23 Junho 2012 das 17:30 às 18:30: Auditório da Câmara de vereadores de Terezópolis de Goiás. 
  •  Assembléia Geral da CBO -Dia 23 Junho 2012 das 18:30h no Auditório da Câmara de vereadores de Terezópolis de Goiás. (Ver Edital CBO)
  • Camiseta do evento: